Fechar Propaganda

Celepar inicia projeto de implantação digital para modernizar gestão pública em Goioerê

O técnico da Celepar, João Luiz Marques passou todo o dia de quarta-feira, conhecendo os departamento e secretarias instaladas no Paço Municipal, realizando um diagnóstico de como a Administração está em relação a tecnologia.

Atualizado em 21/01/2021 12:28:19

Como resultado da visita do prefeito Betinho Lima à Celepar na última semana em Curitiba, foi iniciado ontem, quarta-feira, dia 20, projeto dos mais importantes e que vai modernizar todo sistema de informação da Prefeitura de Goioerê.
O técnico da Celepar, João Luiz Marques passou todo o dia de quarta-feira, conhecendo os departamento e secretarias instaladas no Paço Municipal, realizando um diagnóstico de como a Administração está em relação a tecnologia, desde os serviços internos, comunicação interna e externa assim como seu parque de máquinas tecnológico.
A visita foi encerrada no final da tarde com uma reunião com todos os secretários municipais, quando expôs a proposta do prefeito Betinho Lima em modernizar a gestão pública com soluções inovadoras. “Inovação é a cara da nova gestão” – ressaltou João Luiz Marques ao falar do projeto de inovação tecnológica que o prefeito Betinho Lima está iniciando e que tem a parceria da Celepar.
João Marques explicou que sua visita era realizar um diagnóstico para saber como a Celepar vai ajudar nessa transformação digital dos serviços da Prefeitura de Goioerê, eliminando o papel, agilizando a comunicação interna entre os servidores e dando um acesso mais direto dos serviços públicos para o cidadão, diminuindo as burocracias. O técnico da Celepar argumentou que a pandemia trouxe uma necessidade por serviços digitais que não tem volta.
O secretário de administração, Gerson de Brito, ao falar com os secretários, explicou que “todos vamos passar por essa transformação digital em nossos serviços e teremos que também entender que isso passa por uma transformação cultural” – comentou, explicando que essas mudanças tecnológicas vão aproximar o cidadão da administração.
“Isso não acontecerá em 6 meses, mas precisamos iniciar agora para que em 4 anos Goioerê se torne uma cidade digital” – afirmou Gerson de Brito, lembrando que todo este trabalho também passa pela renovação do parque de máquinas, ou seja, melhores computadores, sistema mais eficaz e internet mais ágil, além do que a digitalização dos serviços vai acontecer gradativamente.


Você também pode querer ver estas notícias!

Betinho Lima discutiu construção de casas com Namir Piacentini

Em 2020 Procon de Goioerê atendeu mais de 1.300 reclamações

Enfermeira da UTI da Santa Casa é a primeira a receber a vacina contra Covid-19

Mais uma morte por Covid na UTI da Santa Casa

Fechar (X)