Fechar Propaganda

“Prefeito não cumpriu o que prometeu”, denunciou ‘Joaquim da Ambulância’

Diante da pressão dos servidores, os vereadores não pouparam críticas ao prefeito Pedro Coelho. O vereador Joaquim da Ambulância afirmou que respeita o chefe do Executivo, mas que é impossível confiar nele, já que tem cumprido o que prometeu.

Atualizado em 05/02/2019 10:50:34

O plenário da Câmara ficou lotada nesta segunda-feira, dia 4, de servidores públicos que protestaram contra as mudanças na forma de base de cálculo a insalubridade.
Diante da pressão dos servidores, os vereadores não pouparam críticas ao prefeito Pedro Coelho. O vereador Joaquim da Ambulância afirmou que respeita o chefe do Executivo, mas que é impossível confiar nele, já que não tem cumprido o que prometeu.
Ele justificou que recentemente o prefeito formou uma comissão para discutir o problema dos servidores e depois voltou atrás e montou uma outra comissão com nomes que ele mesmo escolheu.
Os vereadores afirmam que foram enganados, pois durante a apresentação do projeto pelo Executivo não foi falado nada sobre a diminuição salarial para os servidores. “Cofiamos no prefeito. Votamos de boa-fé. Agora essa confiança acabou”, declarou o vereador Abraão Isaque.
Os vereadores Patrik Peloi e Agilson Flausino também teceram severas críticas ao prefeito Pedro Coelho, destacando que é preciso fazer algo para solucionar esse problema está sacrificando diversos servidores. O vereador José Soares também afirmou que é preciso corrigir essas distorções.


Você também pode querer ver estas notícias!

Prefeitura assume dívida de R$ 4 milhões para extinguir Codesa

Agricultura recebeu doação de mudas de árvores da Copel

Sessões ordinárias da Câmara de Goioerê retornam na segunda-feira

Prefeitos discutem consórcio para ajudar a Aldeia SOS

Fechar (X)