Fechar Propaganda

Após polêmica, projeto que regulamenta transporte escolar não é votado

Dentre a principais mudanças, proposta na emenda, está o limite do ano de fabricação dos veículos. Diante do impasse entre os parlamentares, o projeto foi tirado de pauta e não foi para votação.

Atualizado em 02/07/2018 22:40:05

O projeto que regulamenta o transporte escolar realizado por Vans em Goioerê estava na pauta na sessão da Câmara desta segunda-feira, dia 2, para sua segunda votação.
O projeto já havia sido aprovado em primeira votação na última semana. A discussão entre os vereadores iniciou com uma emenda no projeto proposta pelos vereadores Agilson Flausino, Abrão Isaque e ‘Joaquim da Ambulância’.
Dentre a principais mudanças, proposta na emenda, está o limite do ano de fabricação dos veículos. O projeto inicial permitia a circulação de veículos fabricados até 19 anos atrás. Já a emenda dos vereadores quer que esse período cai para 15 anos. A emenda também prevê que a atividades seja desenvolvida apenas por pessoa jurídica.
Os vereadores explicam que essas mudanças vão proporcionais mais segurança para quem utiliza esse transporte, que geralmente são crianças. Segundo os autores de emenda, essas mudanças também proporcionarão maiores garantias para os motoristas das Vans.
Diante do impasse entre os parlamentares, o projeto foi tirado de pauta e não foi para votação. O pedido de vista foi realizado pelo vereador Guilherme Dutra.


Você também pode querer ver estas notícias!

Grêmio de Goioerê vence e se mantém na liderança do ‘Amadorzão’

Empresário morre após sofrer parada cardíaca durante jogo de futebol

Diversas atividades foram realizadas no ‘Dia de Cooperar 2018’

Agentes de Saúde recebem kits com material de trabalho

Fechar (X)